A dança das profissões

Dizer que o mundo está em constante evolução não é novidade alguma, ou seja, a dança das profissões está a cada dia mais frenética. As atribuições vêm e vão num piscar de olhos e o mercado não espera, é preciso se adaptar aos novos requisitos e correr atrás de capacitação.

As profissões precisam atender as necessidades que determinada comunidade apresenta, levando em conta um período específico de sua história, dentro de sua localização geográfica, respeitando as características demográficas e demais fatores envolvidos.
Dizer que o mundo está em constante evolução não é novidade alguma, ou seja, a dança das profissões está a cada dia mais frenética. As atribuições vêm e vão num piscar de olhos e o mercado não espera, é preciso se adaptar aos novos requisitos e correr atrás de capacitação.
São inúmeros os profissionais que precisaram se reinventar para suprir a demanda. Datilógrafos, por exemplo, tornaram-se digitadores. Isso se foram espertos, do contrário, foram engolidos pelo mercado.
Muitas profissões já caíram em desuso, algumas foram extintas e outras encontram-se em vias de extinção. Dificilmente um adolescente saberá responder o que é um “lanterninha”. Confira algumas atividades profissionais que estão com os dias contados ou já nem existem mais:

– Datilógrafo
– Linotipista
– Telegrafista
– Lanterninha de cinema
– Vendedor de enciclopédia
– Telefonista
– Agente de viagens
– Leitor de medidores
– Repórter de jornal impresso
– Arquivista
– Condutor de trem e metrô
– Carteiro
– Gráfico
– Taxista…

Muitas outras funções podem ser adicionadas a essa lista. Os robôs estão substituindo o ser humano numa velocidade incrível. Não temos discos voadores sendo usados como veículos próprios e ainda não fazemos teletransporte, como sugeriram alguns filmes de ficção. Mas a inteligência artificial facilita inúmeras tarefas de nossa rotina diária.
O boom tecnológico é de certa forma recente, mas chegou avassalador e os profissionais da área têm emprego garantido – e forte concorrência também. Profissões em alta, segundo diversos estudos, estão ligadas à tecnologia, como:

– Analista de dados
– Cientista de dados
– Desenvolvedor de softwares
– Desenvolvedor de aplicativos
– Especialista em e-commerce
– Especialista em redes sociais
– Especialistas em inteligência artificial
– Especialistas em machine learning
– Especialistas em big data
– Especialistas em automação de processos
– Analistas de segurança da informação
– Designers de experiência do usuário
– Engenheiros robóticos
– Especialistas em Blockchain

Correndo em paralelo, o mundo hoje pede profissionais que tenham expertise em habilidades sociais, para atuação em áreas como:

– Atendimento ao cliente
– Vendas e marketing
– Treinamento e desenvolvimento
– Pessoas e cultura
– Desenvolvimento organizacional
– Inovação

Existe uma lista infinita de profissões, o certo é que manter-se no mercado de trabalho com sucesso depende de habilidade e competência. Busque em você mesmo aquilo que desperte o brilho nos olhos. A partir daí, pesquise as opções do mercado, busque capacitação, esteja sempre à frente de seu tempo, inove e lembre-se de que atrás ou diante de uma máquina existe sempre um ser humano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *