A gestação e o bebê, atenção às mudanças do corpo e cuidado com a saúde

Cuidar da sua alimentação é fundamental para que seu bebê tenha dentes saudáveis.

 

No período gestacional pode haver intensa salivação pela hiperatividade das glândulas salivares; gengivite e doença periodental, por isso após o nascimento do bebê, a saúde bucal da mãe deve ter sido alcançada para evitar a transmissibilidade de bactérias.

Cuidados gerais com a alimentação, como controle na ingestão de carboidrato, refrigerantes e doces minimizam a formação de placa bacteriana e consequentemente o tártaro.

A alimentação balanceada e rica em vitaminas, proteínas, minerais, além de equilibrada em carboidratos, promove a formação de reservas para mães e filhos. Esses nutrientes são fundamentais para oxigenar e nutrir o feto através da placenta, importantes para a formação de ossos, dentes e todas as células do bebê.

Para que uma dieta se mantenha equilibrada basta consumir diariamente:

Vitamina B6 (Banana e arroz)

Cálcio (Leite e queijo)

Vitamina D (Sardinha)

Ácido fólico e ferro (Feijão)

Vitamina A e D (Ovos)

Vitamina C  (Frutas cítricas)

Ácido fólico (Brócolis e espinafre)

É de uma boa alimentação materna que o bebê recebe elementos necessários para sua formação. O cálcio para a formação da dentição do bebê provem da alimentação da mãe e não de seus dentes.

As inflamações e infecções bucais da mãe poderão afetar a formação da dentição do bebê que começa a ser formada nas primeiras semanas da vida intra uterinas.

Com a gravidez, os enjoos e vômitos, e até mesmo o aumento de ingestão de maior número de alimentos ácidos, podem modificar o ph da saliva levando ao aparecimento de cáries. A higiene deve ser redobrada. As alterações hormonais também podem provocar inflamação e sangramento gengival. Em casos graves o tratamento dentário deve ser feito imediatamente, pois, existe o risco das bactérias se disseminarem pela corrente sanguínea, levando até a um parto prematuro.

A gestante pode e deve receber tratamento dentário e a época mais indicada é a partir do segundo trimestre da gestação, sendo muito importantes as visitas regulares ao dentista com maior frequência para ser diagnosticado precocemente algum problema.

O dentista é o profissional que vai dar as orientações sobre como cuidar da saúde bucal do bebê, importância da amamentação, utilização de mamadeiras e chupetas, erupção dos dentes, higiene, uso do flúor e primeira visita do bebê ao dentista.

Colaboração de nosso parceiro: 
Anilclin Clínica Odontológica
Rua Duarte de Azevedo, 284 – sala 121
Tel.:2950.9819 – 99578.1385
anilclin@ig.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *